sábado, 19 de julho de 2008

o sonho persegue seu fim

(...) Não digo que a solidão não me é mais mistério: ela ainda por vezes dói, e é sufocante, ultrajante até. Hoje pela manhã senti a solidão do meu corpo. Meu corpo só inundando a solidão da alma. Dói ser jovem e ter o corpo só. Dói mais que solidão de alma, embora as duas coisas se confundam.
(...)
Já em BH, sozinha no quarto de Felipe, choro algumas lágrimas pela solidão do corpo do agora e na lembrança incômoda dos erros do passado. O espelho horroroso e sua verdade que acusa as bizarrices que escancaram: o mundo e os papéis desfilando, heróis heterossexuais com bodas de ouro e vilões descaradamente aviadados dando as bundas nos bares. A que mundo você pertence, imagem no espelho? Que universo é esse onde te deitas nua e assustadoramente atraente? Por que me fizestes assim, imagem no espelho? Que mistério é este que carregas com tanto medo?
(...)
Vi meu corpo se deitando em sonhos e havia um corpo de mulher a mais na cama estreita. Observei-a e era linda demais para que eu me deitasse sem o beijo de boa noite no rosto quente. Vi meu corpo se deitando em sonhos e havia dois corpos de mulher encaixados na cama estreita.
Adormeci sorrindo logo em seguida.

8 comentários:

disse...

e solidão se diz tristeza?
pra mim, às vezes é paz ...

bulhufas disse...

Quisera eu, em minha quietude, não me abalar com essa solidão desvastante. Quisera eu, em meio a calmaria,não me apunhalar com meu desejo óbvio ululante. Quisera eu, em face de tuas palavras,viver contigo o doce mel da madrugada. Eis-me aqui, mais uma vez, diante de ti a berrar por sua atenção.

Teresa disse...

ei lê, depende do tipo de solidão de que se fala. a solidão do corpo que sinto, nos últimos tempos, nunca poderia ser considerada paz, mas pelo contrário, é ânsia incessante.
a solidão de alma que senti no poço do pari foi algo de paz... (post do dia 17 de julho)

bulhufas! eu não sei desse desejo do qual vc diz tanto! talvez o seu desejo seja apenas por palavras e sonhos, como o foi pra mim naquela época...

cilibrino disse...

Solidão, que nada. [:)]

Às vezes, estar sozinho é uma opção bastante atraente, já que as pessoas são sempre tão problemáticas e querem as coisas para si somente. O bom é ter amigos, que são de todo mundo, e sempre se querem bem, independente da obrigatoriedade de presença integral que algumas pessoas criam para poder se relacionar. que um amor, eu tenho vários. sou de várias pessoas. sou do mundo. Vc é minha , eu sou seu, e se nessa troca de sensações e relações, a gente não transar, não beijar, o quê que tem? A gente se abraça, anda de braço dados, toma banho de chuva, anda de bicicleta na chuva, acampa no mato, toma banho de cachoeira, olha o tanto de coisas legais que podemos fazer juntos, e ser felizes? Não acho legal essa necessidade que se tem do "outro". Somos o outro, tão complicados que nem o outro, então, nos bastamos, no outro.

Só para que fique claro, quando digo necessidade do outro, não digo em relação a amigos. Digo em relação a pessoas que querem outras pessoas para si, como se um ser humano pudesse ser uma posse. Esse é meu, não olhem pra ele! Essa é minha, de mais ninguém. Paixão é POSSE, Amor é LIBERDADE! [:)]

disse...

é bonito assim dizer cilibrino, mas complicado assim sentir ...
todo mundo tem um pouco de razão dentro de si pra querer alguém que realmente nos queira.

tê, essa dualidade de solidões confunde a alma, cuidado viu (:

Anônimo disse...

macacada... que viadagem é essa? sexo é que é.
não há solidão que resista a um palmo de pau. Bandeira mandou bem:
"Como me excito pensando em ti
na solidão das noites úmidas,
De névoa úmida,
Na areia úmida!"
E Bocage, com aquela cabecinha suja?
Até o velho Drummond andou punhetando o tema.
Sexo é o que interessa. O resto, se houver resto, está com comichão.
Levanta a mão aí quem não deu uma boa trepada ontem.
E entra na fila que tou comendo
.
CabeçaInchada

treta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
treta disse...

CabeçaInchada econômico!
pra mim é preciso bem mais que um palmo de pau pra curar a solidão de corpo! :-D
é preciso um corpo inteiro, muitos centímetros cúbicos de pele.

cilibrino, eu sou de todo mundo e vc é meu também!
mas eu só quero um xodó.

lê. é tudo ambíguo mesmo.